Alemanha – Roteiro de 14 dias

A Alemanha é um país repleto de atrações turísticas e exige do turista um bom planejamento. Da moderna Berlim, capital que preserva inúmeras lembranças da guerra, às cidadezinhas medievais do sul do País que parecem ter saído de contos de fadas, conhecer a Alemanha é um prazer do começo ao fim. Soma-se a isso a hospitalidade e a educação dos alemães, sem falar na extrema organização e excelente infraestrutura para receber turistas de todo o mundo.

Berlim e Munique são os destinos obrigatórios para a maioria dos visitantes, mas nós colocaríamos ainda como imperdíveis a Rota Romântica, um trecho de cerca de 350 km no Sul do País que reúne 28 cidades medievais, e o Vale do Rio Reno, situado entre as cidades de Mainz e Koblenz que reúne a maior concentração de castelos do mundo.

Confira o roteiro que fizemos:

1º dia: Berlim

O dia da chegada pode ser aproveitado para conhecer as atrações em torno da Unter den Linden, uma das mais famosas avenidas de Berlim. Entre elas a catedral Berliner Dom, o famoso Portão de Brandenburg e a Potsdamer Platz. Reservando antecipadamente pela internet, ainda dá tempo de fazer a visita guiada gratuita ao Reichstag (Parlamento Alemão).

berlim

2º dia: Berlim

Dia intenso para conhecer o Nikolaiviertel, o Quarteirão de São Nicolau, que possui réplicas de prédios antigos; o Kreuzberg, onde estão o famoso Checkpoint Charlie, fronteira entre os domínios soviéticos e americanos, o Museu Haus am Checkpoint Charlie, que mostra como eram as tentativas de fugas, e o Judisches Museum; a igreja semidestruída durante a guerra Kaiser-Wilhem-Gedachtniskirche; e ainda passear pelo Tiergarten, o maior parque de Berlim.

berlim
Checkpoint Charlie

3º dia: Berlim e Potsdam

A cidade vizinha de Potsdam tem como grande atração o magnífico Park Sanssouci, construído para Frederico, o Grande. O passeio pelo parque e a visita ao castelo Sanssouci pode ser feito pela manhã e a tarde pode ser destinada para conhecer outro famoso castelo, o Schloss Charlottenburg.

berlim

4º dia: Dresden

Duas horas de trem separam Berlim de Dresden, a cidade que foi totalmente destruída pela guerra. Vale muito a pena fazer este passeio e conhecer atrações belíssimas como o Zwinger, conjunto que abriga diversos museus, e o Brühlsche Terrasse, conhecido como “balcão da Europa”.

Castelo de Dresden
Catedral e Castelo de Dresden, antiga residência dos reis da Saxônia

5º dia: Mainz

Mainz é o ponto de partida dos passeios de barco pelo Vale do Rio Reno. O dia de chegada pode ser aproveitado para conhecer um pouco desta linda cidade, famosa pelo trabalho de seu mais brilhante habitante, Johannes Gutenberg, criador da impressão com tipos móveis.

kirschgarten
Belíssimas casas em estilo enxaimel

6º dia: Vale do Rio Reno

O passeio começa cedinho e permite parada em qualquer uma das cidades por onde passa, até chegar em Koblenz. É um dos passeios mais lindos que já fizemos.

Alemanha

7º dia: Heidelberg e Wurzburg 

Como estávamos de carro, aproveitamos para conhecer Heidelberg no caminho para Wurzburg, onde começa a Rota Romântica. O castelo de Heidelberg é impressionante e por si só vale a visita.

Castelo de Heidelberg
O Castelo de Heidelberg acima da cidade

 8º dia: Wurzburg e Weikersheim

Pela manhã conhecemos o belíssimo Palácio Residencial (Residenz) e outros pontos da cidade, como a Dom St Kilian, a quarta maior catedral românica do país. A tarde, pegamos o carro e fomos conhecer Weikersheim e seu belíssimo castelo, distante apenas 40 km de Wurzburg.

residenz sul
Residenz de Wurzburg

 9º dia: Rota Romântica

Dia para percorrer as cidadezinhas medievais da Rota Romântica. A parada obrigatória é Rothenburg ob der Tauberg. O ponto final é Fuessen, cidade base para o incrível castelo de Neuschwanstein.

 rothenburg

10º dia: Fuessen e Ettal

Dia para conhecer os castelos de contos de fadas Neuschwanstein, Hohenschwangau e Linderhof, este último situado na cidade de Ettal, a 60 km de Fuessen.

Castelo Alemanha

11º dia: Munich

O dia de chegada pode ser aproveitado para conhecer as atrações em volta da Marienplatz, como o Viktualien Market, mercado a céu aberto com diversas opções de lanches, e a Residenz, antiga residência dos reis da Baviera. Também vale a pena já entrar no clima de Munique e jantar na Hofbräuhaus, a cervejaria mais famosa do mundo.

 munique

12º dia: Munich

 Dia intenso para conhecer atrações como o Deutsches Museum (maior museu de ciência e tecnologia do mundo) e o Englischer Garten, belíssimo parque.

torre chinesa
A Torre Chinesa no Englischer Garten

13º dia: Munich

Visita ao lindo Schloss Nymphenburg e ao moderníssimo Museu da BMW no Olympiapark.

munique

14ª dia: Munich

Manhã livre para curtir a cidade e partir para a longa viagem de volta!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s