Quanto dinheiro levar para a Europa?

Esta é uma pergunta difícil de responder pois depende muito do estilo de viajante que você é. Se você é daqueles que não passa vontade e gosta de comer bem todos os dias, andar de táxi e comprar milhares de presentes pelo caminho para a família inteira, certamente gastará muito mais do que aquele que não liga muito para restaurantes finos, utiliza apenas o transporte coletivo (que na Europa é excelente!) e compra apenas o essencial.

quanto gastarEu e meu marido nos encaixamos em uma categoria intermediária, entre o turista extravagante e o mochileiro, se é que esta categoria existe! Não abrimos mão de conforto (sempre ficamos em hoteis de 2 a 4 estrelas, que custam cerca de 100 euros a diária para o casal) mas cuidamos muito para não extrapolar nos gastos extras.

Depois de quatro anos consecutivos de viagens à Europa, podemos dizer que o cálculo que adotamos funciona bem. Levamos 100 euros por dia de viagem para o casal ou, se preferir, 50 euros por dia por pessoa.

Na maioria dos dias, 50 euros é muito e sobra. Já em determinados países é pouco. Aí é só uma questão de equilibrar os gastos. Um exemplo: em Amsterdam, as principais atrações turísticas são caríssimas. Se no mesmo dia você resolver ir ao Museu Anne Frank (9 euros), ao Museu Van Vogh (15 euros) e ao Museu de Cera Madame Tussauds (22 euros), já são 46 euros.

Por outro lado, em países que têm praias como grande atração, como a Grécia, gasta-se muito pouco, basicamente com alimentação e transporte.

Transporte público – Para o cálculo dar certo, nem pense em utilizar outro transporte que não o público. O sistema de transporte da maioria dos países da Europa é excelente e é totalmente desnecessário gastar com táxi e traslados. Alugar um carro na Europa também vale muito a pena e é muito barato. Nas grandes locadoras internacionais, um carro econômico (com ar, som e direção) sai por cerca de 40 euros a diária e, em cidades pequenas como Santorini (Grécia), chegamos a alugar carro por 20 euros a diária.

Alimentação – Para se manter na faixa dos 50 euros por dia, também é preciso abrir mão de pelo menos uma refeição caprichada. Um lanchinho no almoço não faz mal para ninguém e permite que na janta se possa fazer uma refeição mais sofisticada sem extrapolar o limite e vice-versa. Uma dica é entrar nos supermercados e abastecer o frigobar com produtos locais. A variedade de sanduíches, saladas prontas e sobremesas é tão grande que jantar no quarto do hotel depois de um dia intenso de atividades é mais um prazer do que uma economia.

Compras – Compras na Europa muitas vezes não valem a pena. Eletrônicos saem até mais caros do que no Brasil, para se ter uma ideia. Por outro lado, cosméticos valem muito. Além do preço, a variedade é impressionante. Muitas marcas nem chegam ao Brasil. Idem para marcas de roupas.

128 comments

  1. Parabéns pela abordagem. A gente pode ir para europa sem precisar interpretar um personagem da nobreza européia, não é mesmo? A ceia no quarto é muito legal. E a gente ainda descobre muitaaass coisas interessantes nos supermercados: Na Itália descobri que existem uvas verdes tipo “Itália” que não tem NENHUM azedinho – são tão doces que até doem. É até uma forma de turismo: descobrir que produtos os estrangeiros consomem no dia a dia.

  2. Boa Tarde!

    Estou programando para ir a Europa em Janeiro de 2015 eu e meu noivo, iremos ficar 7 dias sse levarmos 1000 euros da para ficar bem em relação a comida e passeios ?
    Obrigada

    • Como a pergunta veio para mim tb, peço licença para dar uma opinião. Com 70 EUR por dia por pessoa você normalmente deve ficar bem se não exagerar (indo jantar mais de uma vez em algum Restaurante caro, por exemplo).
      Porém você ter uma resposta mais precisa precisa indicar quais os países e cidades que vai visitar: Em Portugal, Hungria ou República Checa, você faria uma viagem bem confortável. Na Alemanha e Espanha mais ou menos (as atrações e o taxi em Barcelona são meio caras). Já Paris (muitos museus) ou Londres (embora os museus em Londres sejam de graça é tudo em Libra) são mais dispendiosas e portanto deve ficar de olho nos seus gastos durante a viagem.

  3. Boa noite.
    Minha esposa e eu pretendemos fazer uma viagem à Europa em dezembro deste ano(2014) , através de pacote da CVC, onde visitaremos: Paris, Bruges, Amsterdã e Frankfurt. Na ida faremos uma conexão em Barcelona de 4h e 30min, onde estou pensando em sairmos do aeroporto e irmos conhecer a Sagrada Família e o Camp Nou, voltando em seguida para o aeroporto, rumo à Paris. No pacote já está incluso traslado, hospedagem, alguns passeios e um jantar em Bruges. Gostaria de saber quanto seria o recomendável para levar em Euros (com uma margem de segurança pra não passarmos apertos) levando em conta a época da viagem de 28/12 a 04/01, não sei se por pegar o reveillon teria alguma influência no aumento dos valores nas cidades citadas. Desde já, obrigado pela atenção.

    • Olá, Camilo! 4h30 de conexão não é muito tempo. Perde-se muito tempo com desembarque, imigração, procedimentos de reembarque, etc. Se você realmente está disposto a aproveitar este tempo, a dica é escolher uma das duas atrações. As duas são praticamente impossíveis de se fazer em tão pouco tempo. Tanto o tour no Camp Nou quanto a visita à Sagrada Família são passeios para se fazer com calma. Sobre a quantia recomendável, sempre sugiro uma média de 50 euros por dia, por pessoa. Acredito que seja o suficiente no seu caso, até porque no seu pacote estão inclusos alguns ingressos, traslados e um jantar. Mas leve sempre em conta o seu estilo. Se você é daqueles que não dispensa um almoço e um jantar caprichados, com certeza gastará mais do que 50 euros por dia. Boa viagem!

  4. Olá. Lá vou eu me intrometendo no blog dos outros, mas a intenção é ajudar.
    A Ida e volta ao El Prat (aeroporto de Barcelona) consome no mínimo 1 hora de taxi. Considere mais 45 minutos desde o pouso até sair do aeroporto (passar pela imigração, se localizar, etc). E sugiro que esteja no aeroporto pelo menos 1 hora antes do embarque para passar pela segurança e ficar tranquilo. Deixando uma folga de 15 minutos, sobram 1 hora e meia líquidas em Barcelona. O Camp Nou fica meio longe (pelos padrões de Barcelona) da Sagrada Família, portanto seria o caso de escolher um dos dois. Fiquei 6 dias em Barcelona agora em maio e sinceramente acho que você faria melhor negócio reservando uma hora para percorrer La Rambla.a partir do Porto, passando pela Plaça Catalunya até chegar ao começo do Paseo de Gracia.(tem arquitetura do Gaudi tb.) e deixando o que sobrar do tempo (uns 15 minutos) para ver a Sagrada por fora (só pra tirar umas fotos e dizer que foi. Eu achei as fachadas da igreja horrorosas – principalmente comparadas com as belíssimas catedrais europeias – a Sagrada Família não é a catedral de Barcelona, que fica perto da La Rambla). Se realmente quiser visitá-la, compre o ingresso pela internet com antecedência porque deve ter uma FILA de 30 a 40 minutos para bilheteria. O preço é meio salgado também: 14,80 EUR (mais caro que a visita ao Museu D’Orsay, que tem dezenas dos mais famosos e belos quadros impressionistas). Observe os horários, porque nesta época escurece cedo. Planeje-se para usar o metro porque o transito em Barcelona as vezes fica complicado e você terá pouco tempo.

    Para 7 dias, sem apertos mas sem JANTARES (em restaurantes – mínimo 30/40 EUR por pessoa) e sem MUITAS comprinhas (sourvenirs, docinhos, chocolatinhos, champagnes etc), uns 60 EUR por dia por pessoa dá bem (é o que podem te pedir na imigração) mais uns 80 EUR por pessoa pra trazer de volta, usar em pequenas emergências ou surtos consumistas (parkas, lenços, ofertas imperdíveis, cosméticos etc) – total 500 EUR. Daria para ser menos, principalmente se os dias de chegada e saída não forem inteiros. Aí uns 400 EUR devem dar. Se quiser JANTAR, acrescente no mínimo uns 35 EUR por pessoa por jantar e informe-se antes sobre os preços do restaurante.

    Outras Sugestôes:
    Em Brugges não deixe de provar o legítimo chocolate belga “caseiro” da “Dumon Chocolatier” (muito melhor – e mais barato – do que o do Leonidas) além de fazer o passeio de barco pelos canais da cidade.
    Em Amsterdam – TOME CUIDADO PARA NÃO SER ATROPELADO PELAS BICICLETAS – (se prepare porque deve estar bem frio e ventando muito – país plano) tendo tempo, não perca o passeio pelo Jordan (a pé ou de barco) e se o tempo ajudar, vale a pena o passeio de barco pelos canais. É uma boa ir ao Bloemenmarkt (mercado das Flores) e ao lado provar de graça uns queijos “tipicos” e mostarda na Henri Willig Kaas . Se der tempo, visite “Zaanse Schans” fora de Amsterdam (1/2 dia). Se gostar de museus, de uma passada no museu Van Gogh e o Rijksmuseum.
    Se você nunca foi a Paris, pode consultar o texto que eu escrevi (tipo bíblico, meio longo, chato e sem muitas fotos mas bem informativo) que conta muito do que um viajante indo a primeira vez em Paris deveria saber para aproveitar a cidade. http://viajante10.blogspot.com

  5. Eu e meu marido vamos para a Europa por volta de Abril de 2015. Só vamos saber a data certa em meados de Agosto de 2014. Pretendemos passear por Paris, Londres, Amsterdã, Bruxelas e Brugges. Alguém teria dicas de hotéis baratos nessas cidades? De preferência perto de estações de metrô. Só fazemos questão de higiene e banheiro privativo. Podem ser instalações simples. Agradeço a todos por qualquer dica.
    Claudia e Ricardo

  6. Adorei as Dicas. Estou indo com minha família também em dezembro, no pacote da CVC, são 10 dias e alguns passeios e hospedagem inclusos. Sou principiante na europa. Mas iremos em um grupo de 6. 3 casais, e a media de levar euros ainda está me deixando com duvidas. Em grupo os gastos são menores?

    • Olá, Caroline! O fato de estar em grupo só representaria uma economia se vocês estivessem pensando em alugar um carro ou usar bastante táxi. Pense que os ingressos para as atrações, refeições e tickets de metrô sempre serão individuais. Boa viagem!

  7. Existem algumas pequenas oportunidades para economizar para quem viaja em grupo. Na Bélgica pode-se comprar um cartão com 10 viagens de trem por apenas 50 EUR pelo país que pode ser compartilhado. Na Alemanha, o http://www.bahn.com oferece pacotes para viajantes em grupo. Em Paris, uma cartela de 10 viagens de metrô pode ser compartilhada. Em uns poucos sites de visitação vi ofertas para grupos de 5 ou mais. No Forte de Eben-Emael na Bélgica, por exemplo, eles fazem visitas exclusivas para grupos em dias em que não existem visitas individuais.

    • Ola vou ficar 17 dias viajando pela italia. Suica,franca,inglaterra ,belgica e alemanha. O pacote e pela cvc e pretendo levar poucas roupas e comprar o restante por la . O que voce me aconselha.

      • Olá, Patrícia! Dependendo da época do ano em que você for, não achará os preços das roupas tão vantajosos assim. O cálculo de 50 euros por dia que sugiro prevê apenas gastos com alimentação, transporte e ingressos. Se você pretende ainda comprar roupas lá, terá que levar muito mais, quase o dobro. Boa viagem!

      • Oi. A Europa é meio cara para roupas – só vale realmente a pena para roupas de frio em ocasiões especiais. A modelagem também pode ser diferente (européias tem menos quadris). Dos lugares que vai, o único lugar para comprar roupas com bom preço é em Londres (incrível né?) – visite as lojas perto do Marble Arch ou em Hammersmith. Na Itália come-se bem, relativamente em conta, mas só achamos bons preços para casacos (florença ou piazza del popolo) e bolsas em couro. Na Suiça vc consegue comprar eletrônicos e perfumes com bom preço (se for a Zurique não deixe de ir na Sprungli para comer os Luxemburgellis). Na França vale muito a pena comprar cosméticos e bons vinhos etc, mas as roupas tem modelagem super pequena/estreita. Na Bélgica, os chocolates são sensacionais (não prove apenas os da Leônidas). Na Alemanha não achei nada excepcional, mas se for a Berlin, não deixe de visitar o shopping Galeria na Alexanderplatz – bons preços, razoável variedade de roupas e excelente conjunto de guloseimas, mas se você for abastada, visite a KaDaWe (Kaufhaus des Westens), diversas lojas de grife.

  8. Boa Tarde,

    Estarei fazendo uma viagem através de uma agencia de turismo de 13 dias. Faremos Portugal e Espanha. Media de 6 dias em cada país. Quanto devo levar para gastar por dia?. Existem alguns ingressos e os traslados estão todos incluídos.

  9. Pretendo passar 20 dias na Europa – Londres, Paris e Roma – viagem sem extravagância, vou com mais duas amigas e dividiremos o hotel/albergue. Vocês acham que 3000 euros para cada conseguimos ficar tranquilas durante os 20 dias?

    • Nossa… Mesmo dormindo em hotéis de três estrelas bem localizados (150 EUR à noite/180 EUR em Londres), ainda sobrariam uns 100 EUR por dia por pessoa. Dá pra fazer uma tremenda viagem, provar de tudo, comprar muitas “coisinhas”, almoçar e jantar bem com regularidade. Enfim, fazer uma tremenda viagem. Por exemplo: café da manhã: 8 EUR, almoço com vinho 25 EUR, ticket de 1 dia de transporte público: 7 EUR (Londres ~ 10 EUR).

  10. Estou indo para Europa em setembro de 2014, iremos Italia, França e Inglaterra serão 13 dias, pergunto 80,00 euros chega por dia, já esta pago o hotel e os translados.

  11. Olá. Eu e meu marido vamos p/ Londres, Roma e Berlim. Mais ou menos 4 dias em cada. Além dos euros devemos levar também libras? Vamos com hoteis e passagens internas compradas…Os gastos seriam alimentação, ingressos e translados..

    • Olá, Juliane! Com certeza deve levar libras. Se for ficar 4 dias em Londres, tente levar algo em torno de 400 libras (100 libras/dia). Muitas atrações como museus são gratuitas, mas as pagas são caras. Sem falar na alimentação e transporte, que também são caríssimos. Boa viagem!

  12. Oi gente!! Bom dia, eu devo levar entre 1000 e 2000 euros para Europa, devo fica uma semana em Portugal na casa de familiares e ir a Espanha (2dias) França (2dias) e retornar a Portugal para ir embora.. Será que da ?? Ou vou ficar muito apertada ??

      • Estive em Budapeste, Praga e Vienna em 2013: Budapeste é a mais barata e 50 EUR é muito bom (Milka Bar muito grande por 1 ou 2 EUR – Refeições legais por menos de 10 EUR – comi umas costeletas tipo Fred Flintstone por 6/7 EUR junto ao monumento dos heróis). Praga já não é tão barata mas ainda é bem em conta (refeições em peq. restaurantes por 12/15 EUR). Vienna é mais padrão Paris – 50 EUR dá mas fique esperto para não gastar demais. Compre no supermercado Billa (em qualquer lugar da Austria – tem refeições para esquentar no seu apartamento, aliás aluguel de apartamento é pode ser uma boa pedida se desejar economizar – fiquei num perto da Karlplatz).
        NOTE:

        * 50 EUR não inclui a hospedagem, ok?

        * Transporte público é bom em todas as cidades, PORÉM fique atento com a validade dos tickets em PRAGA – as pessoas em PRAGA são meio grossas (e azedas) e vc pode ter comprado o ticket errado. O mesmo vale para Budapeste (mas o pessoal é infinitamente mais simpático).

        * Tente fazer todo o câmbio em Praga (fiz em Dresden e fui “roubado”). Não faça câmbio na praça da Old Town – eles são muito olhudos (oferta na rua era 1 -> 2,10 e mais para dentro era 1 -> 2,90)

        * Não faça câmbio de grandes valores na estação de Budapeste – só o mínimo para chegar ao centro onde o câmbio é bem melhor.

  13. Amei! É bem como eu pretendo ir para a Europa com meu marido, em Novembro/14 (está chegando! ! :-)). Vamos passar 5 dias em Paris e 6 em Roma! Mesmo nestes países vale a dica de Usd100 por dia/casal? Obrigada!

    • A sugestão da nossa anfitriã é de 50 EUROS (e não dólares) por pessoa, ou seja, 100 EUR por casal. Como em novembro o horário de verão na europa já acabou, os dias são mais curtos o que estimula mais visitas a restaurantes e programas indoor (bem pagos 10 a 15 EUR). Respeitosamente eu sugeriria uns 60 ~ 70 EUR por dia para Paris e 50 ~ 60 EUR por dia para Roma (mais barata – considere comprar o RomaPass).

  14. Ola, Voce pode me dizer quais gastos diarios voce inclui nesse valor? Compras obviamente nao estao incluidas, mas alimentacao, transporte e o que mais voce considera? Obrigada e parabens pela materia, ta show!!!

  15. Estou indo passar as festas de fim de ano na Europa, minha namorada já está lá em Coimbra fazendo Mestrado. Ficarei 15 dias, a maior parte dos dias em Portugal, lá já tenho hospedagem e alimentação durante a maior parte dos dias, pois tenho família por lá. Iremos passar o Reveillon em Milão, e já iremos com passagem e hotel comprados, a minha dúvida é quanto devo levar? Estou pensando em uns 1200 euros por pessoa, é suficiente?

    • 80 Euros por dia em Portugal com alimentação na maior parte dos dias? Você vai passar muito bem mesmo – quase um nobre. Um almoço legal em Portugal sai por 25 EUR. Excursão noturna com Jantar e Show de Fado, 60 EUR. Passes de transporte publico 1 dia 6 EUR. Atrações 6 a 10 EUR. O aluguel de carros é que é caríssimo (1 semana 400 EUR na Hertz) e tem pedágios por toda a parte. Excursão subindo o Rio D’Ouro, 120/180 EUR.

      • que bom, inclusive tbm terei carro à disposição, pois como disse ficarei na casa da família, minha dúvida maior é com relação a 4 dias, exatamente no ano novo que passarei em Milão.

      • Milão é bem mais cara que Lisboa, porém na minha opinião não tem muitas atrações TOP (Doumo, Última Ceia). Fique atento ao translado de taxi do aeroporto (30 a 40 EUR). Para economizar cheque onibus ou metrô. Se tiver tempo, sugiro uma visita de 1 dia à Verona – cidade bem simpática (Veneza e mais longe e exige mais tempo para conhecer – no Inverno os dias são bem curtos e vc vai ver pouco). Não sei se o Lago Como seria boa pedida no inverno. Bergamo também é bacana e ainda mais perto mas muito fria e menos conhecida. Se vc contou 15 dias incluindo o dia de chegada e de saída, estes 2 dias em geral podem contar como 1 só.

  16. Olá,
    Na imigração, se eu responder que estou levando 50 euros por dia, você acha que para eles isso também é suficiente? Para mim eu sei que é, mas sempre dá um frio na barriga na hora de passar pela imigração.

  17. Olá, em julho meu marido e eu iremos passar 23 dia na Espanha, mais precisamente na cidade de Valência, na casa de familiares. Não temos nenhuma rota traçada ainda, apenas passagens de ida e volta compradas. Confesso que estou me sentindo muito perdida, mesmo com as dicas que tenho visto em diversos sites. Além da Espanha, tenho muita vontade de conhecer França e Itália, será que é possível ir até esses países sem gastos absurdos, levando em consideração que teremos que retornar para Valência para que possamos voltar para o Brasil?

    • Olá. Em 2014 fizemos uma viagem parecida. Fomos para Barcelona, alugamos um carro e fomos parando de carro até Nice com direito a 7 dias na Provence e tudo mais e depois voltamos para Barcelona (6 dias) para voltar para o Brasil. Conheçemos mais de 35 localidades (somos “colecionadores de localidades” – já visitamos quase 200 na Europa).

      Se quiser ir a França dirigindo eu sugiro as seguintes cidades da região de Langdoc-Roussilion (em ordem decrescente de relevância – Procure no Google): Carcassonne (cidade medieval sensacional – imperdível), Béziers (simpática), Lagrasse (vinhos legais), Narbone (a igreja é muito bacana). A Perpignan eu dou baixa prioridade apesar do povo ser bem simpático.

      Se quiser subir mais em direção a Provence, não deixe de ir a Montpellier (aqueduto magnífico e o museu Fabre é muito bom), Pont du Gard (tremendo aqueduto – realmente gigantesco) e Nîmes (tem uma arena romana bem conservada e um belo parque).

      Numa Provence mais externa você pode ir a Avignon (tem o palácio dos papas – durante uma época o papado foi na França) ou a Aix-en-Provence. Marseille tem uma vista fantástica da igreja do morro e o porto velho é muito interessante. Mas para visitar mesmo a Provence não deixe de visitar a região do Luberon – Gordes, Bonnieux e a Fontaine de Valcluse (sensacional) e passeie pelos campos próximos a Lourmarin (literalmente parecem uma pintura impressionista – é incrível). Se gostar de Van Gogh, visite Arles e Saint-Remy en Provence (muito bacana). Nestas cidades do Luberon tente ir em dia de feira – fica bem mais animado.

      Se chegar a ir mais para Leste, visite Moustiers Saint Marie, o Gorges du Verdon (maior canion da Europa) e o Lac Saint Croix para andar de pedalinho ou barco elétrico. No região tem também os campos de lavanda de Vallensole, mas só em Junho/Julho.

      Agora, se quiser fazer uma loucura, visite Nice (recomendo 3 dias) e dê um pulo em Mônaco (chique) e Saint Paul de Vence (muito bacana). Se gostar de jardins visite a villa Ephrussi de Rothschild em Cap-Ferrat.

      Voltando a Espanha, na região da Catalunha, além de Barcelona e Montserrat, tente visitar Girona (muito bacaninha), Besalu (cidade medieval, mas muito mais modesta que Carcassone) e Figueres (museu Dali). Ainda nesta região, se tiver tempo visite as cidades medievais de Pals, Peratallada e a (incrivelmente minúscula) Palau Sator.

      Qq coisa mais deixe um comentário em: http://viajante10.blogspot.com.br/

  18. Olá!
    Pretendo ir em maio para a Europa. Passarei aproximadamente 2 dias em Lisboa, 3 em Madri e 4 em Barcelona. Quanto devo levar em euros e quanto mais ou menos ficaria a hospedagem 2 ou 3 estrelas?

    • Portugal é o local mais barato de todos. Considere diárias de 70/90 EUR perto da praça do comércio (porque você está reservando meio em cima da hora – reservei em set/2014 para maio/2015 por 55 EUR). Madri é maisoumenos – diárias de 90/110 EUR perto do centro histórico. Para Barcelona – perto da Rambla, considere 120/160 EUR para hotéis 2/3 estrelas. Mais distante é da Rambra costuma ser mais barato, tipo 100/130 EUR. Note que você pode dar sorte e encontrar melhores valores.
      ———–
      A comida é de novo mais barata em Portugal (~15 EUR almoçando bem), mas na Espanha também não é cara (~20 EUR) como é em Paris (26 EUR ou mais).
      ———
      Achei o preço das atrações de Barcelona meio salgadinho (teleférico sobre o porto – só ida – 15 EUR). A cidade porém é bem bacana, misturando bem o moderno e o clássico.
      Eu imagino que para você ficar confortável (por dia por pessoa – considerando os passeios), 50 EUR para Lisboa , 60 EUR em Madri e 75 em Barcelona. Ficando mais justo, 35 EUR Lisboa, 40 EUR em Madri e 50 EUR em Barcelona.

  19. Boa tarde,

    vou a Paris e algumas cidades da França agora em abril,
    saio do Brasil dia 07 e volto dia23, ficarei hospedada na casa de uma amiga e gostaria de saber uma média de euros diários para levar e se nessa época do ano é necessário levar muitas roupas de frio, ah e tenho conexão em Roma de 7 horas e gostaria de uma idéia sobre o que fazer nesse período.

    Obrigada!🙂

    • Em abril costuma-se ter manhãs geladas (5 a 11 graus) e vai esquentando ao longo do dia (16 a 20 graus). As vezes ficando mais frio e as vezes mais quente (já peguei 28 graus em 22 de abril). Dá uma olhada no quadro do clima em http://en.wikipedia.org/wiki/Paris#Geography. Note que é Paris tem um clima SECO. Leve ou compre protetor labial e TOME bastante ÁGUA (veja mais sobre Paris em viajante10.blogspot.com.br).
      Se você é jovem e não se incomoda em comer sanduíches no almoço, uns 25 a 35 EUR dão para o gasto. Se você não abre mão de uma refeição no almoço, 50 EUR são mais adequados. Com 70 EUR, você fica muito bem. Esses valores permitem passeios e entrada em alguns museus (10 a 15 EUR por ingresso).
      ———-
      Não se esqueça que o mínimo exigido para a França é 60 EUR por dia (no caso, 15 * 60 = 900 EUR). Mas aparentemente como você vai fazer a imigração na Itália, as regras podem ser diferentes com valores menores – as regras de valor mínimo na Itália são bem complicadas.
      O fato de vc estar na casa de uma amiga pode reduzir o mínimo em alguns países (não precisaria de hotel), mas também pode exigir que sua amiga registre sua visita na prefeitura e/ou outras burocracias assim (sugiro que não conte com isso).
      De qualquer modo SEMPRE leve pelo menos 1 cartão de crédito internacional com um limite que somado ao dinheiro que leva, cubra o mínimo de 60 EUR por dia.
      Se você uma jovem mulher e estiver viajando sozinha, sugiro que passe uma imagem de pessoa discreta – a imigração na Europa às vezes cisma com mulheres jovens viajando desacompanhadas – principalmente aparentando levar pouco dinheiro ou bagagem insuficiente para o tempo de permanência.
      ——————
      7 horas de conexão em Roma permitem um passeio de 4 horas na cidade, porque o aeroporto é meio distante (fica em outra cidade): 1 hora até a Roma, 1 hora para voltar + 1 hora de antecedência da conexão. Com esse tempo em Roma eu sugiro que você visite por fora (no Google o roteiro a seguir dá uma caminhada de 48 minutos):
      Roteiro no google maps: http://goo.gl/maps/r80kz
      1. Imperdível – Monumento a Victorio Emanuelle II (grandioso) na Piazza Venezia
      2. Muito bom – Campidóglio (ao lado) – Projetada por Michelangelo.
      3. Imperdível – Pizza Navona ( acho mais bonita que a Fontana de Trevi). Cenário para o filme Anjos e Demônios.
      4. Panteão (entre se tiver tempo – é rápido e de graça).
      5. Imperdível – Fontana de Trevi (bacana mas costuma ficar lotada).
      6. Via del Corso. Rua principal do centro histórico. No começo da rua, perto da Praça del Popolo, tem lojas que vendem belas bolsas e casacos de couro a preços muito bons mesmo. Paris é bem mais cara.
      7. Imperdível – Coliseu e Arco de Constantino (só entre no coliseu se não fizer mais nada por causa das filas).
      8. Opcional – Frati Minori Lazio Onlus (dá para ver as ruínas do Forum Romano do alto)
      9. Opcional – Basilica di San Pietro in Vincoli, onde tem a famosa estátua para a qual Michelangelo falou: Parla (Fala) e onde fica a tumba do papa que encomendou a capela Cistina (tente ver o excelente filme Agonia e Extase para ter uma idéia de como as coisas eram construidas na época da renascença).

      Para aproveitar bem o tempo, use o Leonardo Express para ir e voltar de Roma para o aeroporto Fuimicino. Pegue um taxi do Termini até a Piazza Navona e começe o roteiro.

  20. Olá! Saberia me informar se é necessário seguro viagem para Espanha e Portugal. Há sites que falam que sim e outros, não. Obrigada!

    • É necessário sim. Portugal e Espanha são signatários do acordo Schengen (http://pt.wikipedia.org/wiki/Acordo_de_Schengen) que, dentre outras coisas, exige um seguro de viagem de 30.000 EUR para emergencias médicas e outros valores para translado de corpos e etc, inclusive translado do corpo em caso de morte.
      Embora, existam acordos entre o Brasil e Portugal (http://www.consulado-brasil.pt/acordosegsocial.htm) e Brasil e Espanha (http://www.previdencia.gov.br/arquivos/office/3_081013-161949-240.pdf) para atendimento de saúde, não considere isso para ENTRAR nestes países, apenas para USAR o sistema de saúde deles depois de ESTAR LÁ.
      Na prática, nunca fui questionado se tinha seguro no controle de passaportes, mas se questionarem e eu não tiver, teoricamente eu poderia ser deportado.
      Como dica, se você tiver oportunidade de comprar sua passagem usando um cartão Visa Platinum, a própria Visa oferece um seguro saúde que atende Schengen para as passagens compradas no cartão se houver laços legais entre as pessoas (namorada(o) não é coberto).

    • Sim, é necessário porque ao entrar na Europa por Portugal ou Espanha você tem acesso irrestrito a qualquer país do tratado de Schengen (França, Alemanha, Holanda, Itália, etc) que exige um seguro viagem bem específico. Note que existem acordos de tratamento médico entre o Brasil e Portugal e entre o Brasil e a Espanha, mas estes acordos servem para atendimento DEPOIS que você entrou no país.

  21. Olá tudo bem ??
    Então, farei uma viagem para Londres e Paris, irei sozinho e vou ficar 4 dias em cada um… Mas ainda estou em dúvida no requisito de quanto dinheiro levar para cada país, gostaria que me ajudassem…
    Quanto eu gastaria com alimentação ??
    Quanto eu gastaria com transporte ??
    Eu irei optar pelos pratos mais básicos, sem restaurantes caros, um exemplo pratos executivos (arroz, feijão, carne e salada), transporte sempre os públicos!

    • Oi Gabriel. Em Londres você pode economizar comprando refeições rápidas em supermercados (TESCO e etc) para almoço e jantar que custam de 7 a 10 libras. É uma espécie de fastfood – usamos uma vez num shopping em Hammersmith (lugar onde se compra roupa bem em conta). Se você for almoçar em restaurantes, suba sua despesa para pelo menos 15 a 20 Libras. Dica: Mothermash onde se come Bangers (linguiças) com purê de batatas (mash) – o famoso prato Bangers and Mash por 17 Libras. Tem também restaurantes Fish&Cheaps (peixe com batatas fritas) baratos com pratos por 10 Libras. Portanto, gastos MÍNIMOS envolvem umas 40 a 50 libras por dia para 2 refeições básicas + ticket de transporte Off-peak (12 Libras para o dia todo). Se chegar por Heathrow, você pode pegar o metrô cruzando Londres até Saint-Pankras (EuroStar) por 7 Libras – 1 hora de viagem.

    • Gabriel, sobre Paris: Almoçe fórmules de pratos por 15 a 20 EUR ou fórmules de sanduíches de 10 EUR. Ceie no quarto por 10/12 EUR. Compre tickets de transporte do Paris Visite para 3 dias a 9 EUR ou Mobillis por 8 EUR. Compre o Museum Pass de 2 dias para ir ao Orsay, Louvre, L’Orangerrie. Torre Eiffel 3 andar por 15 EUR. Total uns 40 a 50 EUR por dia. Valores aproximados + ou – 2 EUR. Fórmules são combinados envolvendo Prato Principal + Entrada ou Sobremesa. Existem formules completas com os 3 itens. Tome Pichets (pr jarras) de vinho no almoço que são mais em conta e saudáveis do que refrigerantes.

  22. Boa tarde, gostaria de saber se com 3.000,00 euros eu e minha namorada conseguimos ficar pelo menos uns 15 dias na Europa.
    Por favor respondam
    rss

    • Isso dá 100 EUR por dia por pessoa. Se os hotéis não estiverem nesta conta você vai passar muito bem, independentemente do país que estiver visitando.

  23. No entanto, se você tiver de pagar os hotéis com os 3000 EUR, então considere pelo menos 100 EUR a diária para o casal, o que reduz o valor por pessoa para 50 EUR pode dia. Neste caso, ainda dá, mas dependendo do país, você vai ter de ficar esperto com o controle das despesas: não vai dar para almoçar e jantar em restaurantes todos os dias por exemplo.

  24. Olá, farei uma viagem com meu marido a Paris (4 dias), Roma (4 dias), Toscana ( 6 dias) e Sardenha (7dias). Gostaria de ter uma ideia de quanto, em euro, levar para cada um de nós, por ida. Os hoteis e atrações de Paris e Roma estão pagos. Assim como hospedagem na Toscana e na Sardenha. Muito obrigada! Muito legais as dicas do blog.

    • Para não se preocupar 70 EUR por dia por pessoa são suficientes, principalmente se as atrações já estão pagas em Paris e Roma (não posso falar sobre a Sardenha que ainda não conheço) e se você não for jantar em restaurantes. Se quiser economizar, 60 ou 50 EUR dão para o gasto, mas é bom controlar as despesas Na Toscana…

    • Com 6 dias na Toscana, imagino que vc vá gastar 2/3 dias em Firenze (base), 1 tarde para Pisa e Lucca (imperdível – vá de trem). Se quiser curtir muito e tiver possibilidade, alugue um carro para ir a San Gimignano, Siena e Greve in Chianti, Montalcino e Montepulciano. As estradas da Toscana são muito bacanas. Se não for possível alugar um carro, existem excursões de 1 dia saindo de Firenze que vão a San Gimignano e Siena (e acho que indo a minúscula Monteriggione).

  25. Olá, amei o blog, Me ajudou muito. Eu e meu noivo vamos passar nossa lua de mel em Barcelona mas estou com medo, pois o nosso voo tem escola em Lisboa e pegamos outro voo para Barcelona. É só uma hora q temos, será que dá tempo? Despacha as malas e passar pela imigração?

    • Se a perna Lisboa-Barcelona (HUB em Lisboa costuma ser TAP) fizer parte da mesma “passagem” então não se preocupe porque o pessoal do aeroporto de Lisboa costuma agilizar conexões apertadas chegando a abrir guiches no controle de passaporte para acelerar as coisas (verifique se você não tem 1h 15 de intervalo). No entanto o aeroporto de Lisboa é bem grande e provavelmente você vai andar um bocado até chegar ao seu portão de embarque. Portanto fique atenta assim que passar pelo controle de passaporte para não perder tempo e olhe os quadros de departures porque às vezes você vai embarcar em um portão diferente do impresso na sua passagem.

    • Mais uma coisa: Em Lisboa, se sua conexão for da mesma companhia e passagem, provavelmente suas malas irão para o próximo avião automaticamente. Obviamente pode ocorrer algum imprevisto em terra que faça você ter de pegar as malas, mas neste caso o pessoal do vôo costuma avisar. Se quiser ter certeza, pergunte a aeromoça no vôo para Lisboa. Se houver qualquer atraso nos tramites, avise logo ao pessoal da companhia aérea que eles retardarão ao máximo o fechamento das portas da sua conexão. Se quiser ir se familiarizando com o aeroporto de Lisboa, veja o link http://www.ana.pt/pt-PT/Aeroportos/Lisboa/Lisboa/OAeroporto/Dentro-do-Aeroporto/Area-Publica/Paginas/areapublica.aspx

    • Depende de: a) com que antecedência vc está reservando (6 meses antes é muito mais em conta); b) Se vai pagar antecipado ou se deseja a possibilidade de cancelamento tardio (em alguns casos até no mesmo dia) c) Do padrão do hotel que você procura (hostel, hotel básico – etc) d) Do padrão do quarto que vc deseja (quartos com banheiros compartilhados são mais baratos, porém muito desconfortáveis para casais). Eu sempre uso o booking.com. Na prática, perto da Rambla, um quarto num hotel decente custa uns pelo menos uns 130 EUR. Dá para arrumar mais barato dependendo das condições que mencionei acima.

  26. Meu marido, nosso filho de um ano e eu iremos a Itália em setembro. Todo tour será em grupo, temos hospedagens, passagens, translado, café da manhã, 3 almoços e 4 jantares pagos. Visitaremos de Milão a Roma, pacote de 10 dias. No primeiro dia as refeições serão no voo e no décimo dia nosso voo e logo após o almoço. Quantos euros devemos levar ao todo para cobrir o restante das refeições e adquirir algumas lembrancinhas?

    • Em geral, (por dia por pessoa) 25/30 EUR quando não precisar comprar o almoço, 55/60 EUR se precisar e 90 EUR se tb for jantar com vinho sem muito requinte. Recomendo: tomar gelatto sempre que puder (os melhores do mundo) e tb provar uvas, frutas, queijos e presuntos in natura (compre no supermercado mesmo) para você comparar com os nacionais. As uvas verdes não tem azedo!!! Se passar em Florença, reserve dinheiro para comprar artigos de couro com excelentes preços (15 EUR bolsa pq feminina, 200 EUR casacos de couro masculinos). Na Toscana pode-se comprar vinhos Brunellos de Montalcino e Chiatis a partir de 25/30 EUR a garrafa. Bom, para saber o total, é só fazer a conta combinando o que deseja fazer.

  27. Olá, por favor, será que vc pode me dar uma dica. Vou para Europa em setembro, vou passar 18 dias, vai eu e meu filho, o hotel tá pago, gostaria de saber se com 4000,00 Euros faço uma viagem tranquila.
    Obrigada desde já.

    • Sim. Super tranquila. 110 EUR/dia/pessoa é mais do que suficiente para café da manhã, almoçar, jantar (sem glamour), contratar passeios corriqueiros, visitar a atrações e comprar souvernirs mais simples. Na prática, você deve gastar menos de 80 EUR por dia por pessoa, o que deixaria uma sobra de 1200 EUR no seu orçamento.
      Já prática de atividades mais elaboradas como passeios de balão (200 EUR) ou de lancha exclusiva (150 EUR), jantares mais sofisticados (100 EUR ou mais) podem exigir mais atenção ao orçamento. Compras de produtos de beleza, bebidas (champagne, vinhos, destilados) e outros também exigem um certo planejamento.

    • 2000 EUR por pessoa é mais do que suficiente em qq caso. Se forem 1000 EUR por pessoa (com hospedagem já paga) daria uns 76 EUR/dia/pessoa. Dá, mas tem de ficar muito esperta se o custo dos translados entre as localidades ainda não estiverem pagos. Na suiça, recomendo que faça o cambio nos supermercados Coop – você compra qq coisa e paga em EUR, eles devolvem em francos suiços com câmbio interessante (pode variar conforme a loja). Comprar direto em Euros normalmente faz você perder 10% ou mais. Os preços na Suiça são bons para perfumes, chocolates e até para eletrônicos se vc utilizar o DETAX e fizer uma pesquisa prévia. Se for a Zurich, não deixe de provar o Luxemburgerli na Sprüngli (Bahnhofstrasse 21).Se tiver possibilidade, não deixe de visitar a orla de Montreux. Se for dirigir (excelente experiência), cuidado com multas de excesso de velocidade nas estradas (fui multado) e não deixe de comprar o vignette no correio se o carro não tiver.

  28. Olá, preciso muito da ajuda de vocês, nunca fui a Europa e estou muito perdida. Eu e meu marido compramos um pacote para a Italia, visitaremos varias cidades. Ficaremos 10 dias, hotel, translado e cafe da manha incluso. Quantos euros por dia devemos levar??
    Desde ja agradeço

    • Depende do seu perfil de viajante e das cidades que vai visitar. Vamos lá: Almoço tipo pizza a taglio ou coisas assim = 8 EUR; almoço em restaurante simples, 15 a 20 EUR; jantar tipo lanche no quarto hotel com vinho Chiantti, presunto/prosciutto de Parma, Queijo/Fromaggio italiano, Manteiga/Burro, uvas, saladas prontas = 10 a 20 EUR; jantar (massa) em restaurante simples 20 a 30; vale passagem de 1 dia = 6 EUR; ticket 1 viagem 1,6 EUR; ingressos = 10 a 15 EUR. Gellato 3 ou 4 EUR. Souvernirs 3 a 8 EUR. Artigos de couro em Firenze/Toscana em geral (mais baratos) ou em Roma na via Del Corso perto da piazza del Popolo: cintos masc. 20 EUR, bolsas de couro fem. 15/80 EUR, casacos:150 EUR.

    • Portanto, sem a compra de artigos caros ou indo a restaurantes sofisticados, considere por dia por pessoa uns 35/40 EUR se for bem economica, 50 EUR se quiser mais conforto em alguns dias e 75 EUR se quiser mais conforto TODOS os dias. Se puder dispor de 100 EUR/dia/pessoa pode ter uma experiência bem mais completa e sofisticada.
      A imigração italiana tem uma fórmula complicada para o cálculo de valor mínimo por pessoa – você deve ter disponível pelo menos uns 50/60 EUR por dia comprovados com dinheiro vivo (eu prefiro), traveller checks, cartão (ões) de crédito internacional.
      Finalmente, dependendo do tempo em cada cidade, você pode comprar pacotes de visitação: em Roma usamos o Roma Pass, em Firenze o Firenze Card (Academia e Uffizzi) e em Venezia compramos o ticket do vaporetto 48hs que é bem salgadinho (uns 30 EUR / dia)
      Para não perder tempo, vc deve marcar com antecedencia (via internet) sua visita (guiada – recomendo) aos museus do Vaticano e ao Uffizzi.
      Mais uma coisa: a Itália é bem mais organizada do que o Brasil, mas eles não são robotizados – sempre tente ser simpática que às vezes eles podem contornar as regras.

  29. Olá boa noite! Estou indo com minha esposa para Paris e Londres entre os dias 10/08 a 31/08/15. Ficarei 10 dias e cada cidade! Gostei de suas dicas! Levarei comigo 1.000 Euros e 1.000 Libras! Será que estã bom?! Desde já agradeço as dicas! Até mais

    • 1000 EUR/Libras por pessoa ou casal? Se for por pessoa dá super bem. Se for por casal, dá 50 EUR/Libra por dia por pessoa. Neste caso observe muito bem os gastos. Planeje o que vai visitar com antecedência para saber os custos e fazer um orçamento. Considere uma folga de 50 EUR/Libras por pessoa. Para economizar:
      Você pode comprar sua ceia/jantar no supermercado (leve um saca rolhas na viagem). Em Paris recomendo o Monoprix e em Londres pode usar o Tesco (ambos tem mini refeições prontas). Se o café da manhã não estiver incluso, vc pode tomar comprar os ingredientes do café da manhã no super tb (suco de laranja, presunto, queijo, “croisaint”).
      Tome bastante água em Paris (procure no super a água Volvic). Nos bistrôs/restaurantes em Paris, peça “une carafe d’eau, s’il vous plait” e tome pichets de vinho (mais barato que refrigerante). Em Paris, compre o Museum Pass e tickets de metro de multiplas viagens. Se for subir a torre Eiffel, compre o ingresso pela internet para poupar tempo e dinheiro. Em Londres, compre o ticket de transporte fora do horário do rush. Se quiser um “guia” (um pouco longo) para Paris, visite viajante10.blogspot.com. Se gosta de arte, não deixe de visitar a National Galery na Trafalgar Square – é de graça e muito boa mesmo.
      Como nota final, Londres é mais cara que Paris, porém diversos museus e atrações são gratuitos, o que pode tornar Londres mais barata no final.

  30. Olá! estou vendo que é de suma importância o controle do orçamento na viagem. De logo, agradeço a presteza em estar esclarecendo questões tão relevantes. Irei para Europa em outubro de 2015. Chego em Paris na manhã do dia 2; ficamos até dia 8, quando pegaremos um voo para Barcelona, chegando dia 8 às 11 da manhã; após 3 dias seguiremos para Madrid dia 11 e voltamos para o Brasil às 17 hrs do dia 13 de outubro. Serão 11 dias e meio na Europa. Eu e meu marido estamos levando 2.600 euros, mais 300 dólares para algumas comprinhas em free shop. Você acha que é o suficiente para um estada tranquila na Europa. Lembrando que já compramos todas as passagens de trem e avião necessárias no período, além de tickets para Louvre, D’Osay, Bateaux Mouche, Versalhes, Eurodisney, City tour, La sagrada familia, La Pedrera, Camp Nou, Santiago Bernabeu.

    • Vocês tem tudo para fazer uma viagem super traquila com relação a dinheiro (mais de 100 EUR por dia por pessoa).
      Dicas: Fique esperta porque em outubro os dias são mais curtos, principalmente em Paris.
      Em Paris, se gosta de Impressionistas visite o museu L’Orangerie que fica nas Tuilleries. Tente visitar o Museu Rodin e seus lindos Jardins. Diversos museus fecham na segunda, mas alguns abrem como o Pompidou (surigo visitar o quinto, quarto e sexto andares – nesta ordem). Se for subir a Torre Eiffel, compre o ingresso via Internet para não perder tempo em filas. Não deixe te tomar um Gellato italiano no Berthillon – Ilé de Saint Louis (O Amorino é mais badalado em Paris, mas para voce ter uma idéia, não é muito popular na Itália – terra de quem sabe fazer Gelatto com G maiúsculo) e comer macarrons (Ladurée são famosos, mas pertinho do Berthillon também tem uns ótimos). Dia 3 de outubro é o primeiro domingo do mês e portanto vários museus são gratuitos. Aproveite.
      Em Barcelona, ao visitar o El Corte Inglês da Rambla confira as regras do DETAX. Eles tem um atendimento específico para turistas logo na entrada. Não deixe de almoçar/lanchar no La Boqueria (fica na Rambla).
      Em Madri, pode ser legar tomar uma sangria no final da tarde na Plaza Major depois de visitar o Mercado de San Miguel. Os preços do El Corte Inglês de Madri me pareceram ligeiramente melhores do que o de Barcelona, mas não tenho certeza absoluta.

    • Pensando bem, vocês ficarão tão bem que poderão fazer atividades bem “românticas/elegantes” como almoçar ou jantar no Julio Verne (torre Eiffel 2* andar – reserve mesa com ) ou jantar num Bateau Mouche. Note que se forem jantar em algum lugar muito especial, colha informações sobre os restaurantes primeiro porque alguns exigem trajes mais formais.
      Não deixe de levar uma boa câmera com bastante espaço para suas fotos porque Paris certamente é uma das cidades mais bonitas do mundo. Na minha primeira visita, fiquei 8 dias e tirei umas 4.000 fotos.

  31. Nilson, estou impressionada com a sua gentileza. Me ajudou demais. Se não for abusar muito, vou te escrever meu roteiro de forma simplificada. Se voce tiver mais alguma dica eu aceito. Lembre-se que eu não sei de NADA. Estamos calculando 150 euros por dia/casal para a alimentação e passeios opcionais.
    1º dia Roma (dia livre)
    2º dia Roma (visita panorâmica na cidade) – passeio opcional Basílica de São Pedro, Museus Vaticano e Capela Sistina. Acha que devo fazer?
    3º dia Roma (livre)
    4º dia Florença (visita panorâmica na cidade)
    5º dia Veneza (passeio praça San Marco) Passeio Gandola opcional (com certeza terei que fazer rs
    6º dia Veneza (livre)
    7º dia VENEZA , PÁDUA , SAN MARINO , GUBBIO , PERUGIA
    8º dia PERUGIA , ASSIS , ROMA , NÁPOLES
    9 dia NÁPOLES , CAPRI , SORRENTO , SALERNO
    10 dia SALERNO , POMPÉIA , CASSINO , CASTEL GANDOLFO , ROMA

    • Tome Gelato em todas as cidades que visitar. Você não vai se arrepender. Talvez seja o melhor produto gourmet da itália. Prove uvas verdes e coma pratos a base de tomate (corretamente chamados de “Fruta” de ouro – Pomodoro). Uma das melhores pizzas que comi até hoje foi uma pizza só com tomates e azeite em Lucca. Os tomates eram tão vermelhos que comprei a pizza pensando ser de calabreza. Primeiro fiquei decepcionado e após provar extasiado.

      Roma: Compre uma visita guiada aos museus do Vaticano e capela Sistina. Vale a pena se você entende inglês (tem em Português mas é rara). Preste atenção aos TETOS.

      Eu postei uma lista de lugares imperdíveis em Roma na resposta a Thayná Costa nesta mesma página com direito a roteiro no Google Maps e tudo.

      Eu só recomendo visitar o Palatino (ruínas de Roma) se você quiser “ticar o obrigatório – do tipo Eu Fui” e neste caso você precisará de um guia ou usar o audio-guide (que tem de devolver onde pegou – longe) e ter uma tremenda imaginação. Como seu tempo é curto, recomendaria deixar para a Próxima.

      Florença: Provavelmente vc vai a Piazzale Michelangelo para ter a vista panorâmica. Se tiver tempo veja:
      1. A porta do Paraíso no Batistério (grátis e rápido)
      2. A galeria Academia (tem de comprar ingresso – 2hs) onde, além do famoso David, você vai ver estátuas inacabadas de Michelangelo e entender porque ele dizia que ele “apenas revelava a imagem que já estava no mármore”.
      3. Mercato di San Lorenzo (para comprar artigos de couro com preços interessantes).

      Continua…

    • Veneza: Eu não fiz o passeio de Gôndola porque a cidade e as vias estavam tão cheias de pessoas e barcos que minha esposa achou que não seria romantico/calmo.
      Fique esperta porque a Piazza San Marcos pode encher de água devido a maré. Programe-se para ir lá quando a maré estiver baixa (acho que no meio/final da tarde – depende da época). Estivemos em Veneza quando houve uma enchente record em 2013. A água estava acima dos joelhos e em alguns pontos chegava aos quadris.

      Visite Murano para ver como eles fazem vidros. No passado, a transferência de tecnologia de vidracaria era punida com prisão ou morte.

      Pádua: Não tenho muito que falar. Bacaninha.

      Assis: Adoramos. Existem 3 pontos turisticos na cidade com excelentes vistas: A Igreja de São Francisco; a igreja de Santa Clara e o forte no alto da cidade (não fomos – é demorado).

      Se quiser ver fotos da itália: https://www.flickr.com/photos/86024314@N02/collections/72157632066981364/

      Não visitamos o sul da Itália ainda.

    • Ah! 75 EUR por dia por pessoa é mais do que suficiente para fazer uma boa viagem à Itália, mesmo se o café da manhã ainda não estiver quitado.

  32. Oi estou indo para Portugal agora em outubro com o meu esposo ficaremos na casa de um primo por 13 dias, estamos levando 1200 euros, 600 para cada um. Será que este valor será muito apertado para aproveitamos Portugal? É a primeira vez que vamos a Europa e ficaremos somente em portugual e 2 dias em Sevilha hotel já está reservado. Este valor daria?

    • Ola, depende muito dos passeios.
      Estive na Europa final do ano e não sou de gastar muito, mas reservei uma media de 80 euros dia por pessoa para almoço , janta e lanches. sem contar as compras
      Fiz uma comparação de euro com real e não fugiu muito. ou seja, uma agua aqui 3,00R$ , la 3,00 Eu.
      almoço aqui 40,00R$ ,la 40,00Eu
      coca cola aqui 5,00R$ , la 5,00Eu.
      Porem para não levar muito dinheiro, comprei aqui cartão pre pago.
      me resguardei liberando os cartões e alem disso quem tem conta banco Santander uma vez liberado cartão, da para sacar euros em qualquer lugar.
      Em todos os centros turísticos, pelo menos em Milão, Paris e Londres, tem muita, muita casa de cambio mesmo.

    • Oi Yara. Em geral Portugal é mais em conta do que os outros países da Europa. Porém, ingressos e passeios pagos não são tão mais baratos. Assim, 600 EUR por pessoa dá uns 45 EUR por dia. Se você não tiver de pagar café da manhã e puder comer na cada do seu primo em alguns dias, não fica tão apertado, mas:
      1. Não esqueça de contabilizar os translados, principalmente taxis e transfers (como em Sevilha).
      2. Tende prever quais passeios vai fazer. Pese o custo de excursões pagas x ida por conta própria.
      3. Considere que ingressos podem custar uns 10 EUR (20 % da sua diária) ou mais.
      4. Considere a compra de tickets de transporte para vários dias
      (normalmente é mais em conta).
      Em resumo, tente planejar antecipadamente o máximo que conseguir (e o máximo que seu temperamento permitir) para evitar surpresas. E sempre tenha uma reserva (mesmo no cartão) de pelo menos 100 EUR.

  33. Olá boa tarde!

    Eu e meu namorado vamos passar 15 dias na Europa do dia 19/12/2015 a 02/01/2016, ou seja vamos passar Natal e Reveillon lá…

    Vamos ficar hospedados na casa de amigos em Nápoles, e pretendemos passar o réveillon em Amsterdã.

    Quantos euro/dia por pessoa devo levar? Para alimentação, passeios e baladas ?

  34. Olá, estou indo para Itália pelo pacote CVC em Fev 2016, 7 dias, estava pensando em levar 1500 EUROS, será que é tranquilo? Incluso passeios, souvenirs e alimentação e eventualmente táxi para chegar no hotel estamos 7 minutos do aeroporto.
    Agradeço seu retorno.

    • Bom, embora vc não tenha dito, imagino que vai com mais uma pessoa (estamos 7 …) e só ficar em Roma e ir ao Vaticano, certo?
      Imagino também que você terá 5 dias inteiros e 2 meio-dias (dia da chegada e partida).
      Assim, para o básico (almoço simples + jantar simples) por pessoa, você vai precisar de 50 EUR x 5 (dias cheios) + 2 * 60 EUR ( chegada e partida – incluindo 1/2 táxi ~ 25 EUR e lanches ou refeições) , o que dá uns 250 + 120 = 370 EUR para o básico por pessoa para o período. Se forem 2, vocês precisariam apenas de uns 800 EUR (com alguma folga). Portanto, levando 1500 EUR para 2 deixa uma excelente folga de 700 EUR para gastar em passeios com guia, jantares mais elaborados etc.

    • Dicas:
      * Roma tem mais de um aeroporto, ficando o Fuimicino em outra cidade. Tome cuidado ao pegar o taxi lá porque tem taxis de Roma e de Fuimicino e um deles cobra uma taxa extra (o preço normal até o centro de Roma gira em torno de 40/50 EUR). Informe-se. Na Europa é fácil usar o transporte público para ir até ao Aeroporto (exceções Veneza, Barcelona e Orly em Paris – Lisboa é ótimo).
      http://www.matraqueando.com.br/como-ir-do-aeroporto-de-roma-fiumicino-ao-centro
      * Em Fevereiro os dias são um pouco mais curtos (http://www.timeanddate.com/sun/italy/rome?month=2&year=2016)
      Faz parte da experiência ir a um supermercado (Conad) para comprar frutas em natura como os romanos (uvas verdes, rubi e maçãs). Experimente também o presunto de parma.
      * Tem bons artigos de couro (sem griffe) nas lojas próximas a Piazza del Popolo.
      * Visite o Palatino (Fórum romano) com algum tipo de guia (e mesmo assim você precisa ter muiitaa imaginação).
      * Recomendo que faça uma visita guiada ao Vaticano (compre via internet com antecedência), visite a capela sistina, suba a cúpula da igreja de São Pedro.
      * Se quiser, você pode dar uma olhada no “roteiro” sobre Roma aqui (postei umas mensagens atrás).

    • Dicas (ficaram presas na moderação):
      * Roma tem mais de um aeroporto, ficando o Fuimicino em outra cidade. Tome cuidado ao pegar o taxi lá porque tem taxis de Roma e de Fuimicino e um deles cobra uma taxa extra (o preço normal até o centro de Roma gira em torno de 40/50 EUR). Informe-se. Na Europa é fácil usar o transporte público para ir até ao Aeroporto (exceções Veneza, Barcelona e Orly em Paris – Lisboa é ótimo).
      http://www.matraqueando.com.br/como-ir-do-aeroporto-de-roma-fiumicino-ao-centro
      * Em Fevereiro os dias são um pouco mais curtos (http://www.timeanddate.com/sun/italy/rome?month=2&year=2016)

    • Faz parte da experiência ir a um supermercado (Conad) para comprar frutas em natura como os romanos (uvas verdes, rubi e maçãs). Experimente também o presunto de parma.
      * Tem bons artigos de couro (sem griffe) nas lojas próximas a Piazza del Popolo.
      * Visite o Palatino (Fórum romano) com algum tipo de guia (e mesmo assim você precisa ter muiitaa imaginação).
      * Recomendo que faça uma visita guiada ao Vaticano (compre via internet com antecedência), visite a capela sistina, suba a cúpula da igreja de São Pedro.
      * Se quiser, você pode dar uma olhada no “roteiro” sobre Roma aqui (postei umas mensagens atrás).

  35. Olá !
    Primeiramente quero agradecer pelas ótimas dicas, já estou mais calmo em relação à quanto gastar. Sou estudante de Letras e quero ser Professor de Literatura Portuguesa, portanto, como essa será a minha primeira viagem internacional e sozinho, claro que eu não podia dispensar este destino. Sou o tipo de viajante simples, ficarei em um Hostel no Centro de Lisboa, chamado Yes! Hostel (até então obtive ótimas indicações sobre ele), do aeroporto de Portela até o hostel irei de metro, até porque estarei apenas com o meu mochilão. Ficarei 8 dias em Lisboa e pretendo conhecer os pontos turisticos, curtir a noitada e, também, visitar Coimbra (se der) e Sinta (quero muito ir), por isso, preciso da sua ajuda. Quanto mais ou menos devo gastar por dia? Será que conseguirei, também, ir para outro lugar, como, de repente, a Italia e Reino Unido? Sei lá, são hipóteses, além disso, será a primeira vez que irei pisar em um aeroporto, andar de avião e viajar sozinho.
    Tenho só 19 aninhos, estou meio perdido ainda, porém, cheio de vontade e sonhos!
    Ficarei no aguardo dos seus comentários e obrigado!

    Abraços, Gustavo.

    • Gustavo, 50 EUR por dia em Portugal (hospedagem já paga) não causa aperto se você for não de esbanjar. Mas se você desejar visitar outras cidades, tem de considerar o custo do translado.
      Considere as seguintes opções:
      – O dia de chegada normalmente é meio perdido devido ao fuso, cansaço e até mesmo do horário de chegada.
      – 3 dias inteiros em Lisboa (podem ser 2 se você quiser correr um pouco para ganhar 1 dia)
      (continua…)

    • (continuando…)
      – 1 dia inteiro em Sintra (Bate e Volta por conta própria) ou fazendo um combinado Sintra/Cascais (pacote turístico).
      – 1 dia para conhecer Óbidos (indo por conta própria) ou fazendo um passeio do tipo Day/Trip (mais caro) Óbidos, Nazaré, Fátima e Batalha como por exemplo: http://www.viator.com/tours/Lisbon/Obidos-Nazare-Fatima-and-Batalha-Day-Trip/d538-2874LIS05
      – 1 dia livre (pode ir a Coimbra de trem)
      – Dia da volta (costuma ser meio perdido)
      Lisboa é meio “isoladona”, portanto para ir a outros países teria de pegar um avião (meio caro e demorado na chegada) para não perder muito tempo.

  36. Olá bom dia!!
    Estou viajando a Europa em dezembro desde ano por um pacote da CVC de 15 dias para Portugal e Madri. Quanto Euros devo levar? Sendo que, em alguns pontos turísticos a estrada não está inclusa no pacote. Desde já obrigado!!

    • Uma entrada em museu, aquário, fortaleza custa entre 6 e 14 EUR.
      No mínimo, leve 50 EUR/dia/pessoa para Portugal e 60 EUR/dia/pessoa para Espanha mais uns 100 ou 150 EUR de reserva (Shows de Fado, etc). Se o pacote inclui excursões, a operadora costuma escolher restaurantes que podem ser mais caros do que vc escolheria, então recomendo acrescentar uns 15 EUR por dia por pessoa. Claro que se puder viajar com 80 ou 100 EUR por dia, você vai ficar muito bem.

  37. Olá! estou pensando em fazer uma viagem Berlim, Itália, Paris e Espanha, mas tudo sozinha, não me incomodo em fazer lanches durante o dia, mas também gosto de comer em bons lugares e minha ideia é visitar tudo que é ponto turístico de todos os lugares que visitarei e sempre compro uma coisinha ou outra, gostaria de ter uma ideia de valores pra 10 a 15 dias por esses lugares.
    Obrigada

    • Olá Catharine. Vou assumir que quando vc diz Itália e Espanha, quer dizer Roma e Madrid. Bom, para “coisinha” pense em 3 ou 4 EUR e para “outra” 10 a 15 EUR. Se você for magrinha, é possível lanchar sanduiches ou massas com uma bebida por 6 a 12 EUR. Docinhos, 2/3 EUR. Bons lugares, 20 a 50 EUR sem vinho. Pontos turísticos pagos variam de 6 a 15 EUR (média 10). Existem vários lugares interessantes gratuitos.
      Não entendi se 10 a 15 dias é para viagem toda ou para cada lugar. Se for para viagem toda, você deve PLANEJAR bem cada cidade porque Paris e Roma, por exemplo, tem mais de 20 lugares MUITO interessantes para se visitar. Madrid tem menos e Berlim menos ainda. Mandei um roteiro para Roma neste artigo (veja acima).
      E em http://viajante10.blogspot.com você encontra um “pre-guia” para Paris.

  38. Boa tarde,

    Informações precisas e muito úteis, parabéns pelo texto. No meu caso estou organizando uma Eurotrip com um brother para agosto de 2016. Pensamos em 25/27 dias e dividimos o roteiro para visitar:

    1. Berlin: 5 dias
    2. Budapest: 4 dias (Sziget festival em um ou dois deles)
    3. Amsterdam: 4 dias
    4. Barcelona: 4 dias
    5. Londres: 5 dias
    6. Dublin: 5 dias

    A trip será simples, com foco nos lugares para visitar não pagos, exceção para alguns pontos importantes de cada cidade onde julgaremos quais iremos pagar para visitar.

    Isso velerá para a vida noturna, por exemplo: Em Berlin a Berghain, Watergate e House Of Weekend serão paradas obrigatórias na esticada da noite e esta útima por exemplo ouvi falar que eram 12 euros pra entrar.

    No final das contas fizemos uma média de 60/70 euros por dia de gastos. Minha preocupação é a perda de tempo na troca de cidade, os casamentos dos trechos terão de ocorrer para otimizar tudo.

    Abraços.

    • Gustavo, como você não fez uma pergunta direta, vou dar uns palpites:
      1. Para ser realista, retire 1 dia de cada cidade porque você terá de fazer check-out (até 12hs max) , transladar e fazer check-in (com sorte a partir das 12hs, normalmente 14hs). O que você puder aproveitar destes dias será lucro.
      2. Quase todas as cidades são muito distantes umas das outra (exceto Londres e Dublin), o pode exigir que você troque a ordem das cidades (Por exemplo: Amsterdam, trem via Colonia, Berlin, trem parando em Dresden e Praga (vale 1 dia pelo menos), Budapeste (adoro essa cidade), Vuelig até Barcelona, Vuelig até Dublin, Easyjet até Londres.
      3. 60/70 Euros incluindo o pagamento da hospedagem ou não? Se você é jovem pode passar com 25/30 EUR por dia para dormir. Mas depende da cidade e quão distante vai ficar dos “points”.

  39. Adorei o blog e adorei como falam de gastos sem mimimi, vão direto ao ponto rs. Falta muito isso na blogosfera. Pretendo ficar 10 dias na europa em setembro com o meu marido. 4 dias em Paris (sendo 1 na eurodisney), 3 dias em Londres e 3 em Amsterdam. Vocês acham que com 800 euros para Amsterdam e Paris + 300 libras para Londres conseguimos sobreviver esse tempo bem lá (tickets, transportes e alimentação) ou preciso de mais? Os hotéis e trens entre as cidades não estão nesse cálculo. Desde já muito obrigada!

    • Se os valores que vc informou forem por pessoa, poderia até sobrar. Se os valores forem para 2 pessoas, fica bem mais apertado mas vocês não vão passar fome, mas é essencial PLANEJAR com cuidado o que vão fazer durante a viagem. De qualquer forma considere as seguintes dicas do mínimo a visitar e para evitar desperdício de tempo:
      a) Para Amsterdam vale visitar o turístico Zaanse Zchans (vai ver moinhos, fábrica de tamancos, comprar queijos gostosos) e comprar o Holland Amsterdam Pass ou o Amsterdam City Pass (passagens + city tour + ship tour + ingressos a museus ). Se a grana ou o tempo ficar muito curta/o, visite o Museu D’Orsay em Paris em vez do Van Gogh em Amsterdam. O que recomendo mesmo é passear no Jordan bem cedo e visitar um coffee shop para ver como os holandeses lidam com a maconha. Tente interagim ao máximo com os holandeses porque, na minha opinião, são o povo que melhor combina educação, gentileza da Europa.
      (continua…)

    • b) Para Paris, o Paris Museum Card pode valer a pena, principalmente para evitar filas. Dica: No primeiro domingo de cada mês alguns museus são gratuitos e na segunda quase todos fecham – exceto o Pompidou e alguns outros. Imperdível (na ordem): D’Orsay, Louvre e Rodin. Recomendável: L’Orangerrie e Pompidou (4 e 5 andares/ vista do 6). Gratuitos: Trocedero, Champs de Mars, Jardim de Luxemburgo, Catedral de Notre Dame, Place de La Concorde e Jardin de Tuilleries, Margens do sena e as Pontes perto da Ile de la Cité. Se for subir a torre Eiffel compre os ingressos pela internet com 10 dias de antecedência para evitar filas, principalmente se for um final de semana. Não deixe de comer um Macaron e tomar um sorvete no Bertillon (o Amorino é mais performático mas inferior). Perto do Bertillon tem uma loja de macarons excelente se você não for na Laudurée ou Pierre Hermé.

      c) Curiosamente em Londres você quase não tem gastos com tickets. Recomendo: National Gallery (imperdível e sem filas), Park St. James, Trafalgar, andar pela Regent Street, Ver a troca da guarda no Palácio de Buckingham. Os grandes museus gratuitos tem muita fila então tente primeiro o British Museum e depois experimente o Museum de História Natural (mais para crianças), o Museu da Ciencia, e o Victory and Albert Museum. Existe um passe de transporte que fica mais barato depois da 9:30. Compre um ticket para o London Eye com antecedência (o passeio não é excepcional, mas é daqueles obrigatórios). Vale visitar a Torre de Londres e fazer um passeio pelo Tâmisa (vista diferente).

  40. Olá, boa noite!
    Me tirem uma dúvida por favor…. Vou passar minha lua de mel em MADRID e BARCELONA mês que vem e precisamos de seguro viajem?

    • Sim. A Espanha é signatária do acordo de Schengen que EXIGE seguro viagem para quem entra na Europa, visto que uma vez que você entre na União Europeia pode transitar por qq país (mesmo aqueles que não tem acordo de saúde com o Brasil). Sua dúvida vem do fato dos acordos da Espanha e Portugal com o Brasil, certo? Bom, DEPOIS de entrar na Europa (passar pelo controle de passaportes) você pode USAR o sistema de saúde deles não precisando acionar o seu seguro viagem.
      Note que se você comprou a passagem com cartão VISA platinum, tem direito a seguro viagem grátis.

  41. Boa tarde, Irei para Europa em agosto e pretendo passar 20 dias. Primeiramente irei para Itália( Roma e Puglia), Espanha (Barcelona e Ibiza) , Amsterdã e França. Não sei ao certo ainda quanto levar, tendo em conta que tenho 6 meses para “economizar e guardar”. Pensei em levar pelo menos 1000 euros em dinheiro vivo e mais cartão de credito. Irei sozinha, e na Itália e Barcelona não terei gastos com estadia, você acha um bom valor para levar ou considera que devo levar mais???

    • Olá Ana. Os valores de 50 EUR por dia mencionados aqui NÃO incluem gastos com hospedagem e translados entre cidades. Para estes destinos, se você gostar de visitar museus e comprar souvenirs, eu sugiro pelo menos 60 EUR por dia, o que daria 1200 EUR no total. Claro que pode usar o cartão de crédito, mas o IOF é maior do que dinheiro vivo. Considere que a hospedagem pode variar de 30 a 70 EUR por dia em um hostel e varia entre 80 e 130 EUR por dia em um hotel “adequado” relativamente bem localizado. Se desejar economizar uma grana, planeje e reserve a hospedagem (com direito a cancelamento sem custos) com a maior antecedência possível – recomendo 6 a 8 meses antes para conseguir bons quartos em hoteis bem localizados com preços mais baixos do que mencionei acima.

  42. Oi, estou programando viajar por 15 dias começando pela suica pois meu amigo ira me hospedar, depois pretendo ir a frança e italia, enfim quero conhecer a eurodisney, só não terei gasto de hospedagem e alimentaçao na suica, estou pensando em levar 1.200 euros o que acham

    • Depende de quanto tempo vai ficar na Suiça. 100 Euros por dia é muito bom para hospedagem e alimentação de uma pessoa jovem sem muita exigência – e fica mais fácil se você RESERVAR sua hospedagem com antecedência. Não se esqueça de incluir nos seus gastos as despesas com translado entre os países e cidades. Isso pode ser bem caro.

  43. Oi, fiz um pacote e vou passar um mês em Londres, no pacote está incluso passagens aereas, hostel, café da manhã, janta e um passeio, além de translado entre o aeroporto e o hostel. Gostaria de saber quantos euros e libras eu levo mais ou menos?

  44. Olá! Estou desesperadamente buscando orientações em sites e blogs, rsrs.
    Tenho uma viagem marcada para Roma dia 25/10. Passarei 16 dias na Europa, mas não ficarei apenas em Roma. Vou ficar 6 dias em Roma, pretendo visitar um amigo em Londres e encaixar mais um ou dois países.
    Será uma viagem low cost, pois ficarei em hostel, onde pretendo cozinhar e não tenho a necessidade de comer em bons restaurantes todos os dias. Uma refeição ou outra sim.
    Ainda não reservei nada, nem hostel e nem passagens internas.
    Gostaria de saber quantos Euros devo considerar para toda a viagem de 16 dias.
    Uns € 1.200, ou € 1.300 são suficientes?
    Lembrando que ainda não reservei nada, nem hospedagem (albergue) e nem os transportes de um país para outro.
    Agradeceria muito a ajuda =)
    Tks.

    • Dani, o translado rápido comprado em cima da hora não costuma ser barato (mas você pode dar sorte). Viajar 16 dias com 30 euros por dia (baixissimo custo) para todos gastos exceto hospedagem, visitas e translado entre países consumirão 480 euros. Com muita sorte, a hospedagem pode ser uns 30 EUR por dia (480 EUR) mas acho 40 EUR mais provável (640 EUR). Somando os menores valores você gastaria 960 EUR. Mas Londres é cara, várias atrações custam em torno de 10 EUR (1/3 da diária) e o translado entre países custa entre 70 a 200 EUR (comprado em cima da hora). Me parece que seu orçamento está muito apertado para o tipo de viagem que vai fazer. Melhor seria tentar levar uns 1600 EUR para ter uns 300 EUR de reserva ou economizar ainda mais nas diárias (comprando sanduiches prontos nos supermercados, por exemplo).

  45. Dani, o translado rápido comprado em cima da hora não costuma ser barato (mas você pode dar sorte). Viajar 16 dias com 30 euros por dia (baixissimo custo) para todos gastos exceto hospedagem, visitas e translado entre países consumirão 480 euros. Com muita sorte, a hospedagem pode ser uns 30 EUR por dia (480 EUR) mas acho 40 EUR mais provável (640 EUR).

  46. Olha, Londres é uma cidade cara, várias atrações custam em torno de 10 EUR (1/3 da diária) e o translado entre países custa entre 70 a 200 EUR (comprado em cima da hora). Me parece que seu orçamento está muito apertado para o tipo de viagem que vai fazer. Melhor seria tentar levar uns 1600 EUR para ter uns 300 EUR de reserva ou economizar nas diárias comprando sanduiches prontos nos supermercados, por exemplo.

  47. O gasto mínimo com 3 ou 4 refeições básicas por dia deve ser uns 30 EUR. Considere mais 5 EUR de passagens, tem-se 35 EUR por dia. Um albergue – com sorte e contratado com antecedência pode ser 35 EUR. Tem-se 70 EUR. Multiplicando por 16 tem-se 1120 EUR. Ainda tem de incluir os ingressos, lembranças e translados entre países/cidades.

    • Nilson, muito obrigado pela ajuda.
      A hospedagem em Londres eu já tenho e acabei ganhando uma passagem para Amsterdã.
      Vou rever os custos para que eu não passe aperto rsrs.
      Um grande abraço.

  48. Olá Pessoal
    Então..
    Em janeiro de 2017 eu e meu namorado vamos para a Europa, iremos ficar ao total de 10 dias. Vamos começar por Paris, ficar 5 dias no máximo, onde o hotel já estará reservado e pago. Depois vamos para a Suíça visitar um casal de amigos, na Suíça teremos onde ficar e comer, então estes gastos como hotel e alimentação não iremos ter, pretendemos ficar uns dois dias lá e depois ir para a Itália. E consequentemente voltar para o Brasil.
    Estamos pensando em levar 1600 EUR, o que daria 160 EUR por dia, 80 EUR por pessoa.
    Estamos com receio que seja pouco.. Porque neste valor incluiríamos aluguel de carro, hospedagem e alimentação.
    O que vocês acham?
    Desde já muito obrigadaa! :))

    • Paris -> 50EUR/dia/pessoa (para comer algo e visitar algo). Suiça -> 40 EUR/dia/pessoa (passeios e saida noturna), Itália-> 50 EUR/dia Pessoa (comer). Total 480EUR/pessoa. Sobram 600 EUR. Hotel Roma Barato (Hotel Sileo no Termini – 60 EUR.dia reservado antes). Sobram 400 EUR para o carro e translados.

  49. Estou querendo ir para Amsterdã em 2019 de lua de mel. Gostaria de saber se 150 euros para o casal por dia dá para aproveitar. Nesse valor não estou incluindo os passeios pois esses comprarei antes.

    • Tranquilamente. Parabéns!! Dicas: Amsterdam Card; Keukenhof, parque de flores (entre o final de março e maio); Se tiver tempo, alugar um carro para fazer bate e voltas de 1 dia – ao norte Haarlem, Zaanse Schans, Marken, Volendam e Edam; ao sul Haia, Delft (porcelana), Roterdan (arquitetura), Kinderdijk (moinhos).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s