Problemas com as máquinas automáticas da Renfe – Espanha

Quem vai a Madri deve adicionar pelo menos três dias no roteiro para conhecer as cidades históricas vizinhas, como Toledo, Segóvia e Ávila. Graças aos trens de alta velocidade, estas e outras cidades podem ser facilmente conhecidas, em agradáveis passeios de um dia. Toledo e Segóvia estão a menos de 30 minutos de distância de Madri, enquanto Ávila está a pouco mais de uma hora.

Há diversas opções de horário, por isso, é possível deixar para comprar os tickets na hora, não fosse um pequeno problema de ordem técnica. As máquinas automáticas de venda de bilhetes da Renfe, a companhia ferroviária nacional da Espanha, vivem dando problema.

madri

Passamos por diversas tentativas frustradas. Quando fomos comprar as passagens para Segóvia, na Estação Chamartin, por duas vezes a máquina travou na hora de imprimir os bilhetes. Na primeira vez, a operação foi cancelada antes de sair qualquer bilhete, mas na segunda a máquina chegou a imprimir um dos quatro bilhetes que havíamos solicitado, para depois travar. Fomos ao guichê e o atendente nos orientou a procurar o serviço de atendimento ao cliente, que confirmou no sistema que a transação havia sido cancelada e não seria cobrada no cartão. Mas, adivinha o que descobrimos no dia seguinte, ao conferir o extrato do cartão? Não só a primeira como a segunda operação foram cobradas no cartão.

Para piorar, tínhamos desistido de comprar nas máquinas automáticas e ficamos esperando na fila dos guichês, que estavam tranquilos, com apenas uma pessoa em média em cada guichê sendo atendida. Vinte minutos depois ainda estávamos esperando! Os atendentes eram lerdos e os clientes mais lerdos ainda. Ficavam conversando e nunca saíam. Para não perder o próximo trem, decidimos nos arriscar pela terceira vez nas máquinas automáticas e finalmente tivemos alguma sorte, os bilhetes foram impressos!

No dia seguinte, o tormento continua. O destino era Toledo. Não queríamos tentar novamente a máquina automática, mas a fila dos guichês na Estação Atocha, de onde partem os trens para Toledo, estava astronômica. Logo descobrimos o porquê… Todas as máquinas travaram ao mesmo tempo e ninguém conseguia comprar, por isso, a fila gigantesca nos guichês. Pegamos a nossa senha e havia mais de 50 pessoas na nossa frente. Ficamos mais de uma hora esperando a nossa vez e perdemos dois trens para Toledo.

madri

Aproveitamos que estávamos ali para já comprar os tickets para Ávila no dia seguinte.

Para recuperar o dinheiro cobrado indevidamente no primeiro dia, enviamos a solicitação por e-mail e ficamos dias trocando e-mails com a Renfe. Uns 15 dias depois, estornaram os valores.

Não sei se tivemos muito azar, mas não custa nada se precaver e sempre chegar mais cedo à estação de trem para garantir as passagens e não perder um tempo precioso em fila ou esperando o próximo trem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s