Budapeste – Do aeroporto ao centro

hungria
Charmosa estação de metrô em Budapeste

Budapeste tem um sistema de metrô enxuto, que atende bem quem está no centro da cidade. Infelizmente, não há linha que ligue o aeroporto ao centro e a solução para quem quer fugir de táxis e transfers de agências de turismo é fazer uma combinação ônibus + metrô. Não é difícil, mas valem algumas dicas.

No Terminal 2A, onde desembarcam os principais vôos, param os  ônibus da linha 200E que fazem a ligação entre os terminais e a estação de metrô Kőbánya-Kispest, a primeira da linha M3. O bilhete para o ônibus deve ser comprado em uma máquina que se encontra do lado de fora do aeroporto, próximo da parada de ônibus. Este bilhete deve ser validado ao entrar no ônibus.

O ponto final deste ônibus é ao lado da estação Köbánya-Kispest, que neste trecho é de superfície e não subterrâneo. Aí vem a dica mais valiosa: subindo as escadas que dão acesso à passarela que passa por cima da linha do metrô e chega à estação, há apenas máquinas de aparência pré-histórica que aceitam APENAS moedas.

Você, recém-chegado na cidade, com apenas notas de Forinte húngaro (HUF ou florin ou florint) recém trocadas no aeroporto, terá apenas uma opção para comprar o ticket. Dirigir-se ao shopping center do outro lado da avenida e comprar o ticket em um quiosque que fica logo na entrada. Claro, pagando um pouco mais.

Li em alguns blogs de viagem que o mesmo ticket utilizado para o ônibus valeria para o metrô, mas quando mostramos o ticket validado dentro do ônibus ao funcionário da estação ele assinalou que o ticket já havia sido usado e, por isso, não era válido. Várias pessoas que desceram do ônibus junto conosco tiveram que fazer o mesmo, então, a mesma informação que o funcionário deu para nós foi dada para todos.

Ainda hoje tenho dúvidas sobre o assunto, se existe um ticket especial que possa ser usado mais de uma vez, por exemplo. O conselho é garantir a compra logo no aeroporto de dois tickets para este trajeto, já que os bilhetes de ônibus e metrô são de fato os mesmos.

metro
Maioria das máquinas aceita notas, exceto a que encontramos em Kőbánya-Kispest

Outra dica: a fiscalização dentro das estações de metrô são intensas, ao contrário de outros países europeus. Não dá para entrar na estação sem ter validado o ticket. Todos os dias encontramos fiscais, logo ao lado das pequenas máquinas que carimbam e destacam uma pontinha do ticket.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s