De carro na Alemanha

de carro na alemanha
Paisagens encantadoras pelo caminho

Dirigir na Alemanha foi uma das experiências mais deliciosas que tivemos na nossa última visita à Europa. Alugamos o carro em Mainz, próxima a Frankfurt e ponto de partida para o passeio pelo Vale do Reno. De lá, nosso destino era Heidelberg e a Rota Romântica, que começa em Würzburg e passa por uma dezena de cidadezinhas medievais, chegando a Füssen, próxima de Munique.

rota romântica
Estradinhas na Rota Romântica

Alugamos o carro pela Hertz por meio da nossa agência de viagens no Brasil. Pegamos a categoria econômica sem saber ao certo que carro estaria esperando por nós. O escolhido foi um i20 da Hyundai, completinho, com som e ar condicionado.

A diária saiu muito em conta, cerca de 50 euros. Acabamos ficando até um dia a mais do que o previsto com o carro de tão boa que foi a experiência.

Baixamos pela internet o mapa atualizado da Alemanha e o GPS não errou. Guiou-nos certinho, às vezes passando por estradinhas apertadas, no meio aparentemente do nada, mas sempre certeiro.

parquimetro
Os parquímetros

Nas estradas, praticamente não há limite de velocidade e a pista está sempre limpa, em excelente estado de conservação. Não há pedágios.

Nos postos de gasolina, nós mesmos temos que abastecer o carro e pagar com cartão ou dinheiro na lojinha de conveniência. É bom perguntar ao funcionário da locadora qual o tipo de combustível que o carro utiliza, pois os combustíveis são identificados por siglas bem diferentes da que utilizamos no Brasil.

Dentro das cidades, estacionar não é a tarefa mais fácil mas também não é nada de outro mundo. Nas ruas, o mais comum é encontrar os parquímetros, que emitem os tickets com o horário de permanência de acordo com o valor que você insere.

estacionamento
O ticket

Algumas máquinas possuem tradução em inglês mas a maioria não, somente em alemão. Mas não tenha medo, vá inserindo as moedinhas que imediatamente você verá o horário permitido aumentando. Quando chegar no horário que você deseja, basta dar o OK que o seu ticket será impresso.

Algumas ruas, em sua maioria as mais residenciais, são totalmente reservadas para moradores, então, tome cuidado. Elas são sinalizadas e não possuem parquímetro.

Na maioria das cidades, há grandes estacionamentos que são sinalizados com placas nas ruas próximas, indicando quantas vagas possuem disponíveis naquele momento. É uma maravilha!

estacionamento
Placas indicam os estacionamentos mais próximos e o número de vagas disponíveis

O preço é justo, cerca de 6 euros por um período de duas horas e paga-se no guichê ou em máquinas automáticas.

Em cidades muito grandes, como Berlim e Munique, um carro é totalmente dispensável, pois o sistema de transporte é excelente e sai muito mais barato do que alugar um carro. Mas se estiver pensando em conhecer várias cidadezinhas e, em especial, a Rota Romântica, não pense duas vezes, alugue um carro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s