Palácio de Nymphenburg – Munique

Munique
Palácio de Nymphenburg

Nymphenburg era a residência de verão do eleitor Ferdinand Maria, que mandou construir o palácio em 1664 em comemoração ao nascimento de seu herdeiro, Max Emanuel. Na época, o palácio resumia-se ao pavilhão central e encontrava-se fora da cidade de Munique, onde residia o eleitor, assim chamado por ter o poder de eleger, juntamente com outros eleitores, o rei do Sacro Império Romano-Germânico.

Palácio Munique
A Grande Sala

A cada nova regência, Nymphenburg foi sendo ampliado sistematicamente, tornando-se o gigante palácio que podemos visitar hoje. O primeiro rei da Bavária, Maximiliano I, que governou de 1806 a 1825, morreu em Nymphenburg e seu bisneto, o futuro rei Ludwig II, o Rei Louco, nasceu ali em 1845.

O tour pelo palácio permite conhecer um pouco do esplendor em que vivia a família real. Além da grande sala, que é belíssima, os destaques são as Galerias das Beldades do eleitor Max Emanuel e de Ludwig I. A de Max Emanuel é enxuta, data de 1715, e apresenta cinco retratos de damas da corte de Luis XIV, o Rei Sol da França.

Galeria das Beldades
Galeria das Beldades de Ludwig I

Já a Galeria das Beldades de Ludwig I ocupa a antiga sala de jantar e reúne nada menos do que 36 retratos de beldades da época, não só da corte, como de todas as partes da sociedade. Um exemplo é o retrato de Helene Sedlmayr, filha de um sapateiro, que dizem que foi sua amante.

Outro retrato famoso é o da dançarina Lola Montez, amante de Ludwig e considerada a grande responsável pela revolução de 1848, que culminou na abdicação do rei.

Nymphenburg
Retrato de Lola Montez

Outra amante com retrato exposto na Galeria é Lady Jane Ellenborough, inglesa que escandalizou a sociedade da época por suas aventuras amorosas. Para se ter uma ideia, Jane também manteve relacionamento amoroso com o filho de Ludwig, o príncipe Otto.

O ticket para conhecer apenas o palácio custa 6 euros e não inclui audio-guide. Vale a pena pagar pelo audio-guide, pois nos aposentos não há muita informação. Há ainda a possibilidade de conhecer o Marstallmuseum, que reúne as carruagens da família real, e outras construçoes espalhadas pelo parque, que é imenso. Consulte aqui.

Para chegar a Nymphenburg, basta pegar o bonde nº 17 e descer na estação de mesmo nome.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s