Palácio de Versalhes

versailles
Palácio de Versalhes

Símbolo da monarquia absoluta, o Palácio de Versalhes é deslumbrante e vale separar um dia inteiro para conhecê-lo. O palácio foi construído nos arredores de Paris (a apenas 23 km) por Luis XIV, o Rei Sol, para fugir do tumulto da capital e centralizar o poder. Obrigando os nobres a permanecerem longos períodos no palácio, Luis XIV evitava que se aproximassem da população, tornando-se o soberano absoluto. Este regime absolutista sobreviveu ao reinado de seu sucessor, Luis XV, e terminou violentamente durante o reinado de Luis XVI.

palácio de versailles
Aposentos reais

Ao visitar Versalhes, é fácil entender a revolta da população que resultou na Revolução Francesa, em 1789. O luxo de Versalhes é absurdo. Enquando a população passava fome, a nobreza esbanjava. O Palácio de Versalhes possui nada menos do que 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque. Todo esse espaço ainda era insuficiente para acomodar tanta gente. Cerca de 10 mil pessoas habitavam o palácio, sendo 3 mil membros da nobreza e o restante, empregados. Além do palácio principal, os monarcas usufruíam do Grand Trianon, que servia de refúgio ao exagerado formalismo do palácio, e o Petit Trianon, famoso por ser o refúgio exclusivo de Maria Antonieta, a esposa de Luis XVI, mas que foi construído por Luis XV para sua amante.

Galeria dos espelhos
A belíssima Galeria dos Espelhos

A visita ao palácio passa por vários cômodos, como os apartamentos do rei e da rainha e a belíssima Galeria dos Espelhos. O rei Luis XIV percorria a Galeria diariamente quando se deslocava dos seus aposentos privados para a capela. Por isso, milhares de cortesãos se reuniam ali todos os dias para ver o rei.

Mais recentemente, em 1919, a Galeria dos Espelhos foi palco da assinatura do Tratado de Versalhes, que pôs fim à I Guerra Mundial.

chateau de versailles
Fachada

Para visitar Versalhes, pode-se ir de trem de Paris até a estação Versailles-Rive Gauche, que fica a poucas quadras do palácio. Várias empresas oferecem passeios com ingresso já incluso. Há opção de conhecer apenas o palácio principal (duração 4 horas) e outra para conhecer também os trianons (8 horas). Nós optamos por fazer o passeio com a Cityrama e gostamos muito dos guias que nos acompanharam tanto a Versalhes quanto ao Vale do Loire. Consulte os preços e opções de passeio. Os ônibus saem da loja da Cityrama que fica próxima ao Louvre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s